domingo, 8 de fevereiro de 2009

Meu Vizinho Totoro

Até que fim consegui assistir o anime Meu Vizinho Totoro (1988).
Indicação do meu amigo Keisuke.
Por mais que minha cidade seja evoluida, está sendo difícil encontrar os animes, a maioria das locadoras não têm esse tipo de filme.
Fiquei um pouco decepcionada, por que queria ver vários outros.
Essas imagens são do filme....rs...graças a meu cunhado (esposo da minha irmã Luciana), conseguimos fazer download...rs.
Hoje a tarde eu a Nathy (minha sobrinha de 05 anos) assistimos juntas.
Adorei é um filme encantador, a Nathy pediu p/ assistir mais de uma vez....rs...o Pipe (meu outro sobrinho Luis Felipe de 03 anos) tb amou.
O filme tem uma história suave, amavél.
Gostei muito das paisagens, do ônibus (quem terá que aqui na minha cidade tivesse um assim tão charmoso), os faróis do ônbius são ratinhos lindos, a Nany é uma senhora muito lindinha (me lembrou a minha avó) e o Totoro que coisa mais fofa (eu queria um p/ mim, parece ursinho de pelúcia todo macio).
Sabe o que acho muito interessante na cultura ocidental é a forma como eles sempre agradecem por todas as coisas.
Outra que eu acho importante são os sapatos deixados do lado de fora da casa (sabia que nossos sapatos (sola) trazem todo tipo de sujeira p/ casa?).

Sinopse: Duas meninas se mudam com seu pai para o interior do Japão, com o objetivo de ficar perto da mãe (que está internada em um hospital). Lá, elas viverão muitas aventuras ao lado do espírito protetor da floresta Totoro, que na verdade chama-se Torōru (do inglês troll), mas a caçula Mei não consegue pronunciar este nome. Ele vive próximo da nova casa, em uma cânfora gigante. Inicialmente, apenas Mei pode vê-lo, depois a mais velha Satsuki também tem sua chance de o encontrar


Gente vale apena ver. É um anime p/ toda a família.
Beijos no coração (*_*) Jú
P.S.: boa semana!!

3 comentários:

Keisuke Neko-kun disse...

^___^
Me lembro como se fosse ontem,mas foi em 1997 nas minhas férias de inverno,se bem que aquele dia estava quente,*_*
eu e meus primos pegamos da prateleira da locadora aquela caixa da fita contendo nela o desenho daquele ser peludo que veio nos encantar.
Foi ótimo,uma boa lembrança que ficou na memória do dia em que nos reunimos para assistir aquele animação,na época nem imaginavamos que se tratava de uma animação japonesa,ainda mais da produtora e do criador do Totoro,só queriamos estar lá atentos para assistir e se encantar com cada cena que passava na tela da tv.
!___!
Imagine seus sobrinhos,espero que eles tenham a mesma sensação que eu tenho hoje quando me lembro dessas coisas ótimas que acontecem no passado,nada como um simples dia reunido com a primaiáda assistindo um belo desenho,mas não só isso,também pode ser um belo dia reunido com a família brincando em um parque.
Em fim,lembranças boas sempre serão boas lembranças ;D
bjaum Juliana,lindo post,fiquei até emocionado lendo ele.
^^

Psyamada disse...

lindinho seu blog!

Anônimo disse...

Juliana
Voce escreve coisas lindas que nos
emocionam.A vida realmente é cheia
de surpresas!Feliz aquele que sabe
tirar dessas surpresas a felicida-
de!Tenha uma otima semana,que o
Senhor te abençoe e proteja!!

Adenisia