sábado, 19 de junho de 2010

Inconfesso Desejo

Inconfesso Desejo
(Carlos Drummond de Andrade)
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Queria ter coragem
Para falar deste segredo
Queria poder declarar ao mundo
Este amor
Não me falta vontade
Não me falta desejo

Você é minha vontade
Meu maior desejo
Queria poder gritar
Esta loucura saudável
Que é estar em teus braços
Perdido pelos teus beijos

Sentindo-me louco de desejo
Queria recitar versos
Cantar aos quatros ventos
As palavras que brotam
Você é a inspiração
Minha motivação

Queria falar dos sonhos
Dizer os meus secretos desejos
Que é largar tudo
Para viver com você
Este inconfesso desejo

Bjs no ♥ (*_*)

pegue a sua no TemplatesdaLua.com

3 comentários:

ValeriaC disse...

Florzinha...que poema mais lindo...você é um universo imenso e lindo, amiga...estarei sempre por perto...obrigada por sua companhia em meus cantinhos e por sua amizade...
Doce domingo pra ti...
Beijo na alma...
Valéria

Bruno Ribeiro disse...

Fala aii Júuuu passei aqui pra te dar um Oiiiiiii, já é bastante tempo, que a gente não se fala, então resolvi vim aqui ^^

Um Bjo, e um Abraço fica com Deus :D

Dreamer disse...

Que poema lindo ju!
Incrivel como algumas palavras conseguem colocar no papel exatamente o que nosso coração sente.
Amar. Tem coisa melhor no mundo? Se tiver, ainda nao descobri.

beijos minha linda!